terça-feira, 9 de setembro de 2008

DILMO MOREIRA DE SOUSA


D igníssimo
I rmão de caminhada
L eal soldado do Chefe Império Juramidã
M uito além do que um belo exemplo
O vô amado de todo o CEFLIMMAVI

M orreu
O u
R essucitou?
E is a questão...
I nflama em nossos corações
R esplandece em nossas lembranças
A mor e paciência que irradiavam de vossos passos

D e quem tanto sofreu e batalhou
E ensinou sim que "a caneta do Mestre é pesada"

S alve amado vovô
O que a terra levou foi
U nicamente sua veste
S eu espírito permanece conosco
A legre, perseverante e incansável!



Que Jeshua e nosso Chefe Império o acolham no belo castelo da morada celestial!
Saudades permanecem em nossos corações, pois ainda não somos tão fortes assim...
Muita paz!

Oxalá!

4 comentários:

Virgilanio disse...

Maninho,
Sua sensibilidade e amorosidade cada vez mais me cativa!
Um grande abraço,
Virgilanio

Edson disse...

Prezado Thiago. gratidão a você pela singela homenagem.
Que a Rainha nos abençoe a todos.
Edson

Natalia Jung disse...

Viva o vovô Dilmo! Viva!!

Thiago Silva disse...

Para registro, ontem (04.10.08) fizemos o primeiro feitio sem a matéria do vovô e o mais duro de toda história do nosso Centro!
VIVA o VoVô DILMO!!!